Criada para refletir o espírito tipicamente paulistano de uma cidade que “nunca para”, a Virada Cultural é um evento com duração de 24 horas que oferece atrações culturais para pessoas de todas as faixas etárias, classes sociais, gostos e tribos.

Inspirada na “Nuit Blanche” francesa, que se baseia na inversão de expectativas, como, por exemplo, museus abrindo de madrugada, em São Paulo, o evento traz programação diversa distribuída por todo o centro. Aqui, a Virada Cultural busca, antes de tudo, promover a convivência em espaço público, convidando a população a se apropriar da cidade por meio da arte, da música, da dança, das manifestações populares.

Desde sua primeira edição, em 2005, a Virada Cultural atrai milhares de pessoas de todas as partes de São Paulo e do Brasil.

A primeira edição ocorreu no mês de novembro, o que se mostrou uma escolha inadequada por conta da temporada de chuvas. Nos anos seguintes, o evento passou a ser realizado entre abril e maio.

Além da rede municipal de equipamentos, que inclui centros culturais, bibliotecas, casas de cultura e teatros municipais, há ainda os Centros Educacionais Unificados (CEUs) e uma série de parceiros que transformam a Virada num dos principais eventos do calendário cultural da cidade de São Paulo.

A Virada Cultural em Bauru

Virada Cultural Paulista 2017 começou no último dia 04 de abril, tanto em Bauru como em várias cidades
Durante quatro fins de semana, público confere shows gratuitos de nomes consagrados e diferentes gêneros musicais em 22 municípios

Na edição deste ano tem show de rock “brasuca”, axé, hip hop, MPB, música sertaneja e o ecletismo de nomes consagrados de diferentes cenas musicais, como Daniela Mercury, Arnaldo Antunes, Emicida, Erasmo Carlos, NX Zero, Fresno, Léo e Junior, Hugo e Tiago, entre outros. É a Virada Cultural Paulista 2017 com programação gratuita para agradar em cheio aos apreciadores de todos os gêneros da música popular brasileira em 22 municípios paulistas.

Este ano, serão quatro finais de semana consecutivos: 13 e 14 de maio, nos municípios de Assis, Caraguatatuba, Franca, Indaiatuba, Guarulhos e Registro; 20 e 21 de maio, em Araraquara, Bauru, Ilha Solteira, Limeira, Mogi das Cruzes, Santa Bárbara D’Oeste e em São Paulo, capital. Os shows prosseguem nos dias 27 e 28 de maio, em Botucatu, Piracicaba, Marília, Ribeirão Preto, Votuporanga, Santos e Itapetininga; e 3 e 4 de junho, em Taubaté e Sorocaba.

Os artistas locais também terão oportunidade de mostrar seus talentos no palco principal de todas as cidades e em programação paralelas, em alguns municípios. Também há o reforço de atrações nas unidades do Sesc-SP, localizadas nas cidades onde a Virada Cultural 2017 acontece.

Apoios

A Virada Cultural Paulista é uma iniciativa do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Cultura, promovida com sucesso desde 2007, com a participação dos municípios, que são responsáveis pela infraestrutura dos eventos, segurança e limpeza, e reforço para a programação musical.

Mais pelo Vivendo Bauru.