Uma homenagem a John Lennon de um jeito que você nunca viu

Em 1980, o ex-beatle John Lennon é assassinado aos 40 anos, encerrando uma carreira brilhante. Mesmo nos deixando muito cedo, deixou um repertório de muito sucesso até dias de hoje (e tende a não morrer), que poderá ser visto e ouvido de uma forma jamais apresentada.

TV Unesp produz interessante programa com músicas dos Beatles de um jeito inusitado, pelo programa Som e Prosa (mais abaixo) – foto de parte do programa.A Orquestra de Cordas do Interior Paulista, OCIP, foi a atração do programa Som e Prosa, da TV Unesp. A orquestra é uma iniciativa dos músicos da região de Botucatu e já fez várias apresentações pelo estado de São Paulo.

O grupo tem identidade eclética, executando primorosamente grandes obras do repertório erudito como Bach, Brahms, Tchaikovsky, Vivaldi, música brasileira, tangos e também versões camerísticas de grandes bandas como Beatles, Led Zeppelin e Nirvana, criando verdadeiros shows com atmosferas despojadas, grande característica da OCIP.

A OCIP, regida pelo solista Paulo Paschoal, já esteve em grandes eventos como o lançamento do CD de Paschoal: Tributo aos Beatles no Museu da Casa Brasileira – SP, BrooklinFest, Parque São Jorge – Corinthians, Itaquera, Teatro Avenida entre outros e, a convite do Festival Internacional de Euritmia, realizou sua primeira turnê internacional na Alemanha, que acontece todo ano com sede em Witten.

A Orquestra se apresentou nas cidades de Hamburgo, Bremen, Evinghausen e Bielefeld, Herne, Gladbeck, Witten-Annen e Witten, finalizando a temporada com o grande festival Internacional de Euritmia em Witten.

A homenagem a Lennon

Quando do aniversário de 35 anos da morte de John Lennon, a Orquestra de Cordas do Interior Paulista apresentou clássicos do compositor em parceria com Paul Mccartney. Músicas como “Ticket to Ride”, “She Loves You” e “Eight Days a Week” fazem parte do belo repertório trazido pela OCIP e exibido pela TV Unesp, reproduzido mais abaixo.

O tributo aos Beatles é só parte de um trabalho bem mais extenso da Orquestra de Cordas do Interior Paulista. O grupo surgiu com o objetivo de tocar o que o público quer ouvir. Neste desafio, fazem parte do repertório músicas que vão do rock à música de raiz. O violinista e líder do grupo Paulo Paschoal explica que, deste modo, conseguem aproveitar a força da música popular para democratizar uma outra linguagem musical.

O grupo leva o popular para o erudito e nessa grande homenagem, nada mais popular que reviver os clássicos dos meninos de Liverpool.

Confira a Orquestra de Cordas do Interior Paulista com “Eight Days a Week” no programa Som e prosa, da TV Unesp:

botao-voltar

Envie um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.