Tratamento de resíduos

Construção de Usina Municipal de Reciclagem de Resíduos Sólidos entra na reta final

maquinatratamentoresiduosA obra de construção da Usina Municipal de Reciclagem de Resíduos Inertes da Construção Civil de Bauru entra na reta final.

Nesta segunda-feira, 12/12, a empresa Retroambiental Soluções Ambientais Ltda, ganhadora da licitação, iniciou a instalação da peneira, a última máquina a ser instalada. Todo o maquinário da Usina foi montado na sede da empresa no sul do país e transportado até Bauru.

Quando pronta, a Usina terá a capacidade de processamento de no mínimo de 40 toneladas/hora de resíduos da construção civil (RCC) mais conhecido como entulho de construção. Nos próximos dias serão iniciados os testes da Usina.

Em um primeiro momento, dos quatro subprodutos (rachão, pedrisco, areia e bica corrida) será utilizada pela Prefeitura apenas a bica corrida, uma espécie de pedra fina, que é totalmente livre de impurezas e materiais que dificultam a compactação e favorece as melhorias nas estradas e pavimentação em áreas rurais, assentamento de tubos, obras de base e sub-base para pavimentação, entre outras, o que representará uma economia ao poder público, que hoje tem que adquirir materiais para estas finalidades.

Segundo o Secretário do Meio Ambiente Luiz Pires, trata-se de uma importante aquisição, pois vem fechar um ciclo dentro do Município no que diz respeito ao recolhimento de Resíduos da Construção Civil (RCC) pelos pequenos geradores, uma vez que estes realizam o descarte destes resíduos nos Ecopontos, e agora, a Secretaria poderá dar um destino ecologicamente correto aos mesmos, dentro do que é preconizado pela Legislação Federal, e ainda representando economia na aquisição de produtos pela Prefeitura.

O valor da obra é de R$ 1.171.608,00, verba garantida a fundo perdido, da União.

A Usina de Reciclagem de Resíduos Sólidos está sendo construída na área da Usina de Asfalto da Prefeitura que fica na Rua Naufal José Salmen, 1-17, Distrito Industrial I.