“Stand By Me” por múltiplos artistas de rua

A internet permite às pessoas a inovação em todo tipo de mídia. Mesmo com um pensamento muito simples, basta um pouco de criatividade em cima disso para que criem coisas fantásticas.

 Essa versão de Stand By Me, originalmente de Ben E. King, foi feita de uma forma sem igual, usando um “estúdio virtual” com artistas completamente desconhecidos. Aí vai a história dela:

Tudo começou nas ruas de Santa Monica, California, onde Roger Ridley gravou a voz e o violão base. Em seguida, na Louisiana, mais uma voz foi adicionada junto com gaita pelo Vovô Elliot, um cantor cego, enquanto escutava por headphones a base gravada de Roger. A partir daí, a busca se tornou mais longa.

Os produtores não se mantiveram apenas nos EUA. Foram à Europa, África e também aqui para a América do Sul, fazendo a mesma coisa até termos a versão final que você vê aqui em baixo.

Por Stephan Martins.

botao-voltar

Envie um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.