Prefeitura segue com ações de prevenção e conscientização em redes sociais

A Prefeitura de Bauru realizou nesta quinta-feira, dia 04, mais duas ações de prevenção e conscientização sobre os riscos de jogos e grupos em redes sociais.

As secretarias de Educação e Bem Estar Social (Sebes) promoveram importantes atividades sobre esse delicado tema.

Pela manhã, a Sebes realizou, na Casa do Garoto, uma roda de conversa com profissionais de assistência social que atuam com famílias, crianças e adolescentes do município. O encontro foi coordenado pela psicóloga Marly Godoy, que alertou sobre a necessidade de fortalecimento dos vínculos familiares como forma de prevenção às situações de risco que as crianças e adolescentes estão expostos no âmbito das redes sociais digitais.

A capacitação, que contou com a presença de 60 técnicos da Assistência Social, tanto do município quanto das entidades conveniadas com a Sebes, permitiu a discussão de práticas e abordagens educativas e preventivas, que já têm sido colocadas em práticas nos serviços.

No período da tarde, a Secretaria de Educação promoveu a palestra “Indícios e prevenção de adolescentes em condições de vulnerabilidade psicológica”, ministrada pela professora Ms. Patrícia Soares Baltazar Bodoni e Ms. Juliana Bizeti, da Faculdade Anhanguera de Bauru, no Núcleo de Aperfeiçoamento dos Profissionais da Educação Municipal (Napem). Voltado aos profissionais do sistema municipal de ensino de Bauru e demais interessados, o encontro tratou de assuntos como depressão, ansiedade, bullying, uso de drogas, dentre outros.

Essa foi a terceira atividade realizada pela secretaria sobre esse tema. No dia 25 de março, a Profa. Dra. Ketlin Mayra Pedro, da Universidade do Sagrado Coração, falou sobre o tema “Competências Digitais e Segurança na Internet” para professores das redes pública e particular no auditório da OAB. Enquanto no dia 27, a Profa. Dra. Sandra Leal Calais, do Departamento de Psicologia da Faculdade de Ciências da Unesp Bauru, falou a diretores e coordenadores pedagógicos da rede municipal sobre o tema “Adolescência, Vulnerabilidade e Prevenção”, no SESI Horto.

A Secretária de Educação, Isabel Miziara, acredita que os conteúdos abordados nessas palestras já estão sendo colocados em prática pelos profissionais da educação. “Os professores receberam orientações para despertar um olhar mais aguçado sobre o jovem, sobre o adolescente, com o qual eles convivem diariamente. Quando você recebe muitas informações sobre uma mesma temática, se desenvolve uma olhar diferenciado, mesmo sem ter a intenção de fazer isso. Nosso objetivo é que essa mudança de hábito promova inovações dentro das escolas.”

Isabel destaca que uma nova palestra está sendo organizada em conjunto com o Centro de Valorização da Vida (CVV) de Bauru, em data ainda a ser confirmada. O tema abordado será o suicídio e o público alvo serão professores e gestores indicados pelas escolas de ensino fundamental, e demais interessados. “Após essa palestra vamos mudar o foco das ações, passando a intervir nos conselhos escolares e grêmios estudantis, será uma nova vertente de ação, também prevista”, finaliza a secretária.

Demais ações planejadas:

• Produção de material informativo e envio de orientações para as escolas;

• Carta aberta aos pais sobre o jogo;

• Ações na área da Psicologia Educacional – orientadas pela Profa. Patrícia Bodoni (Anhanguera);

• Atuação de alunos estagiários do curso de Psicologia da UNESP em orientações sobre bullying e o resgate de valores, voltado a alunos e professores em horário de ATPC;

• Ação com os Grêmios Estudantis, com objetivo de conscientizar os adolescentes sobre a valorização da vida;

• Envolvimento dos Conselhos Escolares para mobilização da comunidade escolar;

• Envolvimento dos meios de comunicação na disseminação de informações, abrindo espaço, inclusive, para especialistas;

• Encaminhamentos para acompanhamento com profissionais, se necessário.