Bauru poderá ter escola de futebol da CBF.

Prefeitura recebe projeto para implantação de escola de futebol da CBF na cidade

O vice-prefeito Antônio Carlos Gimenez, o Secretário de Esportes e Lazer, Luiz Faustini, e a Chefe de Gabinete, Majô Jandreice, receberam nesta terça-feira, dia 02, a visita do gerente de projetos educacionais da Universidade Brasil, Laerte Cressoni, do diretor da Uniesp Bauru,

Foto de Priscilla MedeirosO vice-prefeito Antônio Carlos Gimenez, o Secretário de Esportes e Lazer, Luiz Faustini, e a Chefe de Gabinete, Majô Jandreice, receberam nesta terça-feira, dia 02, a visita do gerente de projetos educacionais da Universidade Brasil, Laerte Cressoni, do diretor da Uniesp Bauru, Prof. Saidi Yusuf Abu Lawi, e da coordenadora da Uniesp Bauru, Profa. Elaine Cristina Martins. O objetivo da reunião foi apresentar à prefeitura projeto para instalação na cidade de futura escola de futebol da Confederação Brasileira de Futebol, a CBF School.

Laerte Cressoni, gerente de projetos educacionais da Universidade Brasil, destaca que o projeto traz muitos benefícios para a cidade, que vão além da pratica do futebol. “Como patrocinadores da CBF, conseguimos identificar projetos educacionais da entidade que podem promover a inclusão social de alunos do ensino público através do futebol. Apresentamos aqui uma escolinha de futebol que leva o nome da CBF, a CBF School, em que a prefeitura nos cede um campo e fazemos a adequação do espaço para receber toda estrutura. A prefeitura vai nos indicar alunos da rede pública para participar do projeto, por dois ou três anos, aprendendo futebol aliado ao ensino, com noções de disciplina, inclusão social e coletivismo. Queremos capacitar e educar as crianças por meio do esporte.”

O Secretário Municipal de Esportes e Lazer, Luiz Faustini, ressalta o legado que um projeto como esse pode deixar para a cidade. “Vale destacar que o projeto, além das benfeitorias sociais que irá trazer para as crianças do nosso município, também promoverá a recuperação de uma área deteriorada, que é o distrital Edmundo Coube. Esse legado ficará para a cidade.”

Faustini frisa que essa foi apenas a primeira etapa de um grande projeto. “Agora nós vamos aguardar que eles façam a avaliação da estrutura que a cidade pode oferecer, engenheiros deles virão fazer essa avaliação, e depois montar um projeto. Posteriormente, vamos aguardar nos enviarem a proposta, negociar as cotas de alunos e dar início ao projeto, que será importante para a cidade.”

“Nós vamos agora visitar as estruturas que Bauru possui, que já nos passaram que são excelentes, após vem o projeto de adequação da estrutura física, na sequência a assinatura de convênio com a prefeitura e a implantação do projeto. Acredito que em 90 dias tudo deva estar concretizado em Bauru”, afirmou Laerte Cressoni.