O que você sabe do Golf Clube de Bauru?

Bauru tem um ótimo clube de golf e você fica sabendo um pouco de sua história, com direito a conhecer toda estrutura visitando o site oficial aqui (foto da galeria – visite com mais fotos).

Um pouco de sua história

Três irmãos Satoru, Tetsuro e Tsuneki e uma paixão: o golf. Membros da família Yoshiura começaram a implantar infraestrutura para a prática deste esporte em Bauru e Bastos. Nascia assim o Bauru Golf Clube.

A decisão foi na década de 70 quando a propriedade de aproximadamente 20 hectares deixava de estar exclusivamente destinada ao cultivo do abacaxi e, parte dela, foi tomada para a  construção do campo de Golf, inicialmente pequeno (6 buracos) com greens de terra batida.

Durante 25 anos, aos finais de semana, o campo era utilizado para prática do golf de forma exclusiva por amigos da família Yoshiura.
Em 1979, com greens ainda de terra batida, o campo foi ampliado em 3 buracos, fixando assim em 74 o par do campo. Em 1994 a grama bermuda foi trazida para parte dos greens (três deles).

Mais um marco em 1995, a decisão de difundir mais a prática do golf na região e, com isso,  Armando e Milton Yoshiura, herdeiros do fundador Tetsuro Yoshiura, deram início a nova era do Bauru Golf Club. Reformularam totalmente o campo, ampliando a utilização da grama bermuda para todos os greens, construíram bancas de areia, driving range, putting green e lagos e abriram a oportunidade de adesão para todos os interessados no esporte. A nova etapa foi coroada em 2000 com a filiação à Federação Paulista de Golf.

Em 2008, sob a presidência de Armando Yutaka Yoshiura e a Capitania de Marcos Semensato o campo foi radicalmente reformulado tornando-se mais interessante e desafiador, pois vieram inúmero lagos e bunkers no farways e em torno dos greens.
A partir de maio/79 o Bauru Golf Club trouxe mensalmente os campeonatos de golf, chamados Oficiais e, desde então já somam em torno 400 torneios trazidos initerruptamente para os associados, aumentando assim a atratividade e visibilidade do esporte e seus praticantes na região.

Atualmente o clube tem amplitude de 9 buracos, com par do campo igual a 72, driving range com 270 jardas de comprimento e putting green. Possui ainda espaço gourmet com ambiente climatizado e área livre coberta, e sala de jogos em ambiente climatizado e aproximadamente 80 associados. O Clube está até o final de 2012 sob a presidência de Milton Tohoru Yoshiura e capitão Sergio Brasil.

O Clube é formado por uma virtuosa equipe que está unida em torno da missão de fazer do golf um esporte acessível e que traga a oportunidade da sua prática saudável como forma de ampliar a qualidade de vida das pessoas. O Bauru Golf Clube é um espaço privilegiado junto à natureza e próximo a você. Venha conhecer! Acesse o nosso site www.baurugolfclub.com.br ou entre em contato pelo e-mail: baurugolfe@bol.com.br ou ainda pelo telefone (14) 9794-6586, com o nosso secretário Carlos Garcia.

Fonte: site do Bauru Golf Clube

Origem do golfe (ou golf)

A palavra golfe provém do inglês golf que, por sua vez vem do alemão kolb, que significa taco. A origem desse esporte tem várias versões. Uma das mais prováveis é que os escoceses o tenham criado por volta de 1.400. Já em 1457, o parlamento escocês, por ordem do rei James II, proibia a prática do golfe, por considerá-lo um divertimento que afetava os interesses do país, devido à dedicação e ao tempo que o esporte exigia.

Outras origens são conhecidas, desde o jogo romano chamado paganica, praticado nos séculos XVII e XVIII, em que se utilizava uma bola de couro e uma vara curva. Há ainda os que acreditam que o golfe saiu do jeu de mail, antigo jogo francês que se assemelha ao golfe, mas é praticado em espaços fechados.

As regras do golfe, tal qual são conhecidas hoje, foram definidas no século XVIII, no ano de 1744, na cidade de Edimburgo, na Escócia. Consiste em sair de um local determinado, em campo aberto, e embocar a bola no menor número de tacadas possível, em buracos estrategicamente colocados em distâncias variadas.

O jogo normalmente é disputado em percurso de 18 buracos e, numa competição, quem totalizar o menor número de tacadas ao término dos 18 buracos é o campeão.

O golfe pode ser jogado individualmente ou em grupos de dois a quatro jogadores, e tem como particularidade a ausência de um “adversário” propriamente dito; o único adversário do golfista é o próprio campo, uma vez que não há nada que ele possa fazer no sentido de dificultar o desempenho de outros jogadores.

O Brasil tem hoje cerca 20.000 praticantes de golfe e 62 campos oficiais. A exemplo do que acontece no mundo, no Brasil também o interesse pelo golfe aumenta substancialmente.

Há dois anos tínhamos 4 ou 5 novos projetos. Hoje há perto de 60 projetos, sendo 20 novos campos em construção ou sendo viabilizados e outros 40 novos estudos ou já em projetos.

As 2 duas modalidades mais utilizados em torneios de golfe são Stroke Play e Match Play. Stroke Play – consiste em contar o número de tacadas que o jogador executou para chegar ao final do campo. Os torneios atuais ocorrem em 4 dias, e os jogadores devem portanto jogar o mesmo campo de 18 buracos quatro vezes (72 buracos).

O jogador que tiver o menor número de tacadas no final das 4 rodadas ganha o evento.

Match Play é uma modalidade no formato de um duelo. Golfistas competem buraco a buraco, quem ganhar a maioria dos buracos ganha a partida. Partidas de Match Play não precisam percorrer todos os 18 buracos.

Normalmente eles percorrem, porém conforme o jogador vai abrindo uma vantagem insuperável, o jogo vai terminando mais cedo. Por exemplo, se o jogador está 6 a frente com 5 buracos para jogar, o outro jogador não pode vencer, então o jogo termina. O Golfe nas Olimpíadas (nos jogos olímpicos)

O Golfe já participou das olimpíadas duas vezes: 1900 e 1904. Em 1900 em Paris, foram realizados 2 torneios: um para homens e outro para mulheres. Os Americanos Margaret Ives Abbot e Charles Edward Sands foram os primeiros campeões olímpicos.

Em 1904, em St Louis, o torneio feminino foi substituído por um de equipes.

Na seção 121 do COI, realizada em outubro de 2009 em Copenhague, os membros do COI votaram a favor do retorno do Golfe as olimpíadas. Portanto será no Rio em 2016 que o título de Campeão Olímpico de Golfe será concedido pela primeira vez em mais de 100 anos!

A modalidade proposta para as olimpíadas é o Stroke Play tanto na categoria masculina como na categoria feminina. Os melhores jogadores do mundo percorrerão 72 buracos para descobrir quem serão coroados Campeões Olímpicos.

 

Envie um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.