Grupo Ex-ECCB Unidos reivindica direitos trabalhistas

A empresa que operava o transporte coletivo encerrou suas atividades em 2002 e ex-funcionários reclamam R$ 33 milhões em direitos

Presitgiado por antigos colegas de trabalho que ocuparam as galerias do Plenário da Câmara Municipal de Bauru, o senhor Valter Manoel Cardoso ocupou a Tribuna Legislativa durante a Sessão Ordinária desta segunda-feira (18/09) para expor a luta do Grupo Ex-ECCB Unidos, que reivindica o pagamento de acertos trabalhistas por parte da empresa que operava o sistema de transporte coletivo na cidade.

A ECCB encerrou suas atividades desde 2002. Desde então, o valor devido aos trabalhadores acumula R$ 33 milhões, segundo Valter.

Na tribuna, o ex-funcionário solicitou ajuda dos parlamentares para que apresentem a empresários uma área avaliada em R$ 19,5 milhões, situada às margens da rodovia Marechal Rondon, que, se vendida, fará com que os recursos sejam destinados ao pagamento dos direitos dos trabalhadores.

Valter Manoel Cardoso falou em nome dos antigos colegas de trabalho.

(*) Veja o que mais publicamos hoje no Diário de Bauru, clicando em https://www.facebook.com/jornalismodb/