Festival da Cerveja Artesanal no BTC foi sucesso de público

1º Festival da Cerveja Artesanal, elaborado pelos amigos da Confraria 014, reuniu cerca de mil pessoas e fez sucesso no BTC

Foto de Bruno Freitas/BTC – Erik Breslau: ‘superou as expectativas’Um grupo de amigos cervejeiros, especialistas na produção de cerveja artesanal, promoveram no sábado (27), um inédito festival de grande porte, com cerca de 1.000 litros de cerveja, de vários tipos, sabores e com a participação de centenas de pessoas no Bauru Tênis Clubes. O evento teve apoio do Jornal da Cidade e da 96FM.

Os amigos de Bauru que criaram o grupo de cervejeiros, chamado de Confraria 014, começaram o sábado com bom público que chegou mais cedo, às 14h, para acompanharem um workshop com os segredos do preparo da bebida, com a ótica de Lealdo Biga Jr. O especialista trouxe detalhes sobre sabores exóticos e raros, enfatizando os maltes, o processo de cozimento, a conversão de todo o amido em açúcares e a fervura. Depois, o mestre cervejeiro ainda falou da sequência da produção, com a transformação do açúcar em álcool e todo o longo período de fermentação e maturação. Por fim, Lealdo explicou que a cerveja artesanal, quase pronta, entra em um barril para receber carbonatação e depois está pronta para ser servida.

Entrou para o calendário da cidade

Com a presença de aproximadamente mil pessoas durante toda a tarde e início da noite, zerando os estoques de cerveja artesanal, um dos membros da Confraria 014, Erik Breslau, disse que, enfim, Bauru recebeu um evento de cerveja artesanal deste porte. “Bauru precisava de um festival como esse e, definitivamente, superou todas as expectativas. A organização, a decoração, a música ao vivo com André Alcântara, a divulgação do evento e a aceitação do público que aprovou e já pediu novos eventos, tudo isso ficou acima do que esperávamos Os cervejeiros, a diretoria do BTC, as meninas da Unique Party e todos os nossos parceiros e patrocinadores estão de parabéns. A data já entrou para o calendário oficial do Bauru Tênis Clube e tenho certeza que para a cidade também”, comentou Erik.

Mais pelo Vivendo Bauru.