ENVELHECER É UMA DÁDIVA !

Atualmente, é provável que pela primeira vez em minha vida sinta-me como a pessoa que sempre quis ser.
Não, não me refiro ao meu corpo, diante do qual às vezes me desespero, frente às rugas, aos olhos empapuçados e ao traseiro flácido.
14046106_1224359860928547_796322459622546979_nE com freqüência volto ao passado, quando vislumbro aquele antigo vulto em meu espelho, que se assemelha a meu pai. Mas esses sentimentos já não me fazem sofrer mais: são passageiros. Não ! Eu nunca trocaria os meus amigos incríveis e surpreendentes, a minha vida maravilhosa e a minha amada família, por menos cabelos grisalhos ou por uma barriga mais lisa. .. .Conforme envelheci, tornei-me mais amável e menos crítico comigo mesmo. Tornei-me o meu melhor amigo.

Não me recrimino por ter saboreado aquele docinho a mais, por não ter feito a minha cama ao acordar ou por ter comprado algo supérfluo que não precisava. A minha idade me permite ser desarrumado, ser extravagante e … livre!

Vi muitos amigos queridos deixarem este mundo cedo demais, antes de compreenderem a grande liberdade que vem com o envelhecer.Quem vai me censurar se resolvo ficar lendo ou jogando no computador até as quatro da manhã e dormir até meio-dia? Qual o problema ? Serei meu próprio parceiro dançando ao som de Ray Conniff e Glenn Miller, os sucessos inesquecíveis dos anos 60 e 70 e, se ao mesmo tempo quiser chorar por um amor perdido… posso fazê-lo.

Caminharei pela praia com um traje de banho colado ao meu corpo obeso e mergulharei no mar despreocupadamente, se assim desejar, sem me importar com os olhares críticos das pessoas mais jovens.
Elas também vão envelhecer…..

Eu sei que às vezes esqueço algumas coisas. Mas há algumas coisas da vida que devem ser esquecidas. Eu me recordo dos episódios e coisas importantes. Com o passar dos anos é claro, também sofri desilusões. Como não sentir a perda de uma pessoa amada, manter-se indiferente diante do sofrimento de uma criança ou até mesmo quando o nosso bichinho de estimação partir? Na verdade, ter o coração ferido é o que nos dá força, discernimento e compaixão. Um coração que nunca foi ferido é duro e nunca sentirá a alegria de ser imperfeito.

Sou, portanto, abençoado por ter vivido tanto, o que me permitiu ver meus cabelos grisalhos e ter as marcas e os risos de minha juventude para sempre gravadas nas profundas rugas de meu rosto. Muitos nunca riram, outros morreram antes de seus cabelos virarem prata.

Conforme envelhecemos, é mais fácil sermos otimistas. Nos preocupamos menos com o que pensam as outras pessoas. Não nos policiamos mais. Temos até mesmo o direito de errar.

Portanto, gosto de ser idoso. Isto me libertou. Gosto da pessoa na qual me tornei.
Não vou viver para sempre, mas enquanto ainda estiver por aqui, não desperdiçarei tempo lamentando o que poderia ter sido, nem me preocupando com o futuro.

Agradeço a DEUS, por ELE me permitir envelhecer, me dar forças para viver e amar, sem medo de ser feliz !.

Por Vitor Daniel (Vitão), com foto de reprodução da internet (Youtube).

Envie um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.