Encerra-se nesta sexta-feira a 17º Feira do Livro Infantil

Espetáculo “Literatura Cantada” no Palco do Teatro Municipal

Termina nesta sexta-feira, dia 28, a programação da 17ª Feira do Livro Infantil, coordenada pela Secretaria de Cultura em parceria e com apoio da iniciativa privada. O último dia reserva atrações como contação de história, com Denise Dioclides e Silvia Morbi, e a oficina “Literatura Cantada” com o músico, escritor e compositor, Nelson Itaberá. Tudo isso, durante o dia.

Encerrando a Feira, no início da noite, às 18h30, haverá a premiação dos sócios das bibliotecas municipais, que se destacaram em relação ao número de obras emprestadas, quanto à pontualidade e quanto aos prazos de devolução, entre abril de 2016 e abril de 2017. A partir das 20h30, será apresentado o espetáculo “Literatura Cantada” também com Nelson Itaberá. A entrada é gratuita.

Confira a programação desta sexta-feira:

28/04/17 – 6ª FEIRA
9h – Biblioteca – Contação de história – Denise Dioclides – “Camilão, O Comilão” de Ana Maria Machado
Camilo é um simpático leitão, amigo de todo mundo, mas um grande comilão! Gosta de comer bem, mas nem tanto de trabalhar. Por isso tudo o que come, ele prefere ganhar. Preguiçoso, sem dúvida, mas tem um bom coração. É impossível não amar nosso amigo Camilão!

9h30 – Auditório – Contação de história – Silvia Morbi – “Histórias Itinerantes”
Histórias Itinerantes apresenta Contos Rítmicos: Estórias Infantis “Pedro e o Coelho”, “A beterraba” e “Conte outra vez”, indicados para crianças até 6 anos.

14h – Biblioteca – Contação de história – Denise Dioclides – “De todas as cores” de Nye Ribeiro
Juvenal cuida do seu jardim no maior capricho: planta flores em canteiros, separadas por espécies e cores. Um dia, vieram as borboletas, os passarinhos, as abelhas… E as flores? O que será que aconteceu com elas?

14h às 15h30 – Teatro – Oficina “Literatura Cantada” – Nelson Itaberá
O músico, escritor e compositor Nelson Itaberá abordará a formação da identidade cultural brasileira e como transformar textos literários em canções. Voltado para estudantes de música, músicos e professores de Língua Portuguesa, Literatura e Artes.

14h30 – Auditório – Contação de história – Silvia Morbi – “Histórias Itinerantes”
Histórias Itinerantes apresenta Contos de Grimm: “O Compromisso” sobre promessas não cumpridas, e “João Felizardo” sobre a importância e o significado de ganhar e perder , indicados para crianças e jovens de 7 a 14 anos.

18h30 – Galeria – Premiação Leitores de 2017 das Bibliotecas Municipais
Os leitores adultos e infantis das 7 Bibliotecas Ramais, da Biblioteca Infantil “Ivan Engler de Almeida” e da Biblioteca Municipal “Rodrigues de Abreu” serão contemplados com premiação, como mais uma forma de incentivo à leitura e à frequência nas Bibliotecas Municipais. A seleção foi feita a partir do número de exemplares emprestados durante o período de abril de 2016 a abril de 2017 e a pontualidade na devolução dos livros retirados.

20h30 – Teatro – Show “Literatura Cantada” com Nelson Itaberá
A apresentação traz interpretações teatrais de trechos de crônica, contos, reportagens e dissertação elaborados pelo autor. No palco, uma sala de leitura forma o ambiente para diálogos que propõem a reflexão sobre o comportamento humano e a abordagem da linguística pesquisada por Itaberá.

PROJETO LITERATURA CANTADA

Você gosta de música popular brasileira? Você aprecia composições com variações de harmonias e gêneros musicais por um mesmo autor? Que tal a ideia de utilizar a música como ponte para a literatura? É o que o jornalista e compositor Nélson Itaberá Gonçalves apresenta nesta sexta-feira, às 20h30, no palco do Teatro Municipal de Bauru, com entrada gratuita. O show “O livro que canta” consolida o projeto do autor que vem percorrendo o calendário cultural pelo Interior e nasceu do projeto Literatura cantada, que une canções a contos, crônicas e narrativas.

Antes da apresentação musical com banda e uma trupe de 18 integrantes, Itaberá tem realizado encontros com estudantes, alunos de música, universitários, escritores, para discutir a proximidade entre sílaba e nota musical e de que forma esses conceitos estão sendo aplicados em seu projeto. O livro e CD que originou o Literatura cantada foi aprovado pelo selo PROAC ICMS o ano passado e cuja turnê está percorrendo cidades do Interior.

O show musical teatralizado já passou pela feira do livro de Lençóis Paulista em 2016, abriu a temporada cultural de Botucatu em janeiro passado, lotou o Teatro Municipal de Marília em março e agora chega a Bauru. “Quero propor um show intimista, que percorra diferentes universos sonoros da nossa riquíssima MPB e demonstrar, em razão do projeto do livro e do CD que vem encartado, que a melodia presente naturalmente nas sílabas gera ruídos que levam à composição, mesmo que você não tenha domínio de campos harmônicos, como eu”, sugere.

Mas Nélson Itaberá propõe além de um show musical. “O espetáculo tem teatralização. Montamos uma sala de leitura no palco que interage o tempo todo com a banda. E meu amigo Pedro Motta Poppof, um menino muito especial, é o contador de histórias e estórias dos capítulos que fazem a música interagir com contos e crônicas. Queremos também propor que o público mergulhe em seus pensamentos, faça reflexões ao longo do roteiro. Vamos ver no que dará”, amplia.

Depois de Bauru, o projeto ainda se apresentará no Teatro de São José do Rio Preto (19 de maio), Ourinhos (25 de maio) e Avaré (03 de junho).

Os shows do Literatura Cantada desta turnê são uma realização do programa PROAC ICMS da Secretaria Estadual de Cultura do Estado de São Paulo, com a Secretaria Municipal de Cultura de Bauru e apoio das empresas Cral Baterias, Supermercados Confiança, Thermic, Plasutil, Lwarcel Celulose e Mezzani. As secretarias municipais interessadas devem entrar em contato com o autor para agendamento do show.