DAE recebe em breve as bombas para tratamento de esgoto bruto na ETE Vargem Limpa

Durante a semana passada o engenheiro fiscal da ETE Vargem Limpa, Elinton Eduardo Lopes Silva esteve na fábrica da Sulzer, em Jundiaí, fabricante das bombas submersíveis da Estação Elevatória de Esgoto Bruto, que serão utilizadas para recalcar o efluente até o tratamento preliminar. São cinco bombas que estão em fase final de teste e já nesta primeira quinzena de julho deverão ser entregues na obra.

O objetivo da visita foi acompanhar o teste hidrostático de carcaça da bomba, o qual tem como finalidade verificar sua estanqueidade, ou seja, constatar se não tem nenhum vazamento na carcaça da bomba. Após o ensaio a carcaça recebe fundo para pintura (prime) e revestimento interno em cerâmica para proteção contra agentes abrasivos.

De acordo com o engenheiro Elinton Lopes, todo o ensaio foi realizado com sucesso, sem nenhuma intercorrência. A próxima etapa da fabricação é acoplar os motores às carcaças das bombas e realizar os testes de desempenho e dimensionamento que, se forem bem sucedidos, as bombas poderão ser entregues no canteiro de obras. Esses motores já estão construídos e tem cerca de dois metros de comprimento.

De acordo com o DAE, o valor global investido até o momento nas obras de ETE Vargem Limpa é R$ 26.934.913,50, sendo 19.983.864,83 de repasse da União e 6.951.047,05 de contrapartida financeira do Município. Este valor corresponde a aproximadamente 53% das obras civis do empreendimento, excetuando a compra de equipamentos que está em sua fase inicial.

Atualmente a obra está na fase final das estruturas de concreto do tanque de equalização, decantador lamelar, escada hidráulica e salas da centrífuga. Também estão sendo finalizados o serviço de fundações em estacas-raiz nos tanques de aeração 01 e 03.

A estação elevatória de esgoto bruto, tratamento preliminar e sala dos adensadores já estão com sua estrutura de concreto finalizada.

A linha de recalque em fibra de vidro, de diâmetros de 1.400 ml, que conduzirá o efluente bombeado pelo equipamento objeto dos testes, até o tratamento preliminar também já está pronta.

E, com relação aos equipamentos já foi iniciada a compra de grades mecanizadas, roscas transportadoras, peneiras mecanizadas, comportas e válvulas do tratamento preliminar e estação elevatória de esgoto bruto.