Comissão de Ciência e Tecnologia discute junto à Prefeitura e instituições de ensino criação de marco legal para a Inovação

Secretária Aline Fogolin destacou a necessidade de criação do Conselho e da Lei Municipal que viabilizarão a busca por investimentos externos para a área em Bauru

A vereadora Chiara Ranieri preside a Comissão de Ciência e Tecnologia
Os vereadores Chiara Ranieri (DEM) e Fábio Manfrinato (PP), presidente e membro da Comissão de Ciência e Tecnologia da Câmara Municipal de Bauru, participaram, na tarde desta quarta-feira (13/09), de encontro promovido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Renda (Sedecon), que reuniu representantes das instituições de ensino superior e do Sistema S na cidade.

Na ocasião, foram apresentadas propostas que viabilizarão a criação de um marco legal para a inovação no município, com o intuito de integrar o sistema local com os cenários regional e nacional, propiciando, inclusive, possibilidades para a busca de recursos e outros investimentos na área.

Destacando a relevância do engajamento das instituições de ensino superior neste propósito, a secretária Aline Fogolin propôs a criação de um grupo de trabalho junto às faculdades e universidades, visando a formação do Conselho Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação, etapa obrigatória para a elaboração da Lei Municipal de Incentivo à Inovação.

“A partir dessa regulamentação local, vamos organizar o ecossistema de inovação e criar um fundo de apoio. Assim, será possível pleitear verbas estaduais e federais”, explicou.

Aline Fogolin externou ainda a intenção de criar um laboratório municipal, aberto a estudantes, às universidades e a pesquisadores, com ambientes para coworking, fomento a startups, treinamentos, cursos e oficinas.

Centro de Inovação
De acordo com a secretária, a articulação das instituições de ensino superior pode resultar, até mesmo, na criação de outros Centros de Inovação, como o que será viabilizado pela parceria entre a Prefeitura de Bauru e a Unesp.

Presidente do Grupo Administrativo do Campus (GAC), o professor Marcelo Carbone explanou que, além do protocolo do Termo de Referência, já há a sinalização de interesse no projeto por parte do governo do Estado para a instituição deste Centro.

Atualmente, a equipe de trabalho desenvolve a elaboração do Plano de Negócios que será submetido a avaliação.

A expectativa é de que tramitação burocrática do Centro de Inovação seja concluída até o final deste ano.

Também participaram da reunião o prefeito Clodoaldo Gazzetta e os secretários municipais de Educação, Isabel Miziara, de Cultura, Luiz Fonseca, e de Obras, Ricardo Olivatto. A vereadora Yasmim Nascimento (PSC) foi representada pela assessora Renata Garcia.