Bauru entre as cinco cidades que mais evoluíram no Programa Município VerdeAzul

O Programa Município VerdeAzul (PMVA), vinculado à Secretaria de Estado do Meio Ambiente, divulgou a segunda pré-certificação das cidades avaliadas e Bauru foi o quinto município que mais evoluiu em comparação à primeira avaliação, realizada em junho. A cidade saltou da nota 19,44 para 60,15, uma evolução de 209,41%.

A coordenadora do Programa em Bauru, Maisa Jampauli Bernardes, da Secretaria de Meio Ambiente (Semma), lista as várias ações que foram realizadas pelo município para se chegar a esse bom resultado.

>Mapeamentos relativos às queimadas, processos geodinâmicos perigosos e áreas de contaminação;
>Ações relacionadas ao controle de erosões;
>Ações relacionadas às áreas municipais contaminadas ou com risco de contaminação (aterro);
>Ações de Educação Ambiental com foco em conservação do solo (SAGRA);
>Ações realizadas na zona rural relacionadas à conservação solo e controle de erosões (SAGRA);
>Uso de tecnologias que utilizem menor quantidade de energia elétrica (semáforos e iluminação pública LED);
>Piloto de Floresta Urbana implantado na Avenida Nações Unidas;
>Cursos relacionados à Arborização Urbana;
>Publicação sobre Arborização Urbana;
>Cálculo da cobertura vegetal no município;
>Ação constante no cronograma do Plano Municipal de Saneamento Básico (implantação de interceptores);
>Ação de Educação Ambiental na ETE
>Utilização do Fundo Municipal do Meio Ambiente (compra dos caminhões compactadores);
>Articulações intermunicipais (termo de parceria com Piratininga para utilização dos Ecopontos);
>Fiscalização Ambiental;
>Funcionamento de Centro de Educação Ambiental (Zoológico);
>Funcionamento do COMDEMA;
>Plano Municipal de Conservação e Recuperação da Mata Atlântica e do Cerrado;
>Ações voltadas para a guarda responsável de cães e gatos (CCZ);
>Ação relacionada à conservação da biodiversidade (Zoológico);
>Inspeção de fumaça preta nos veículos movidos a diesel da frota municipal;
>Ações de Educação Ambiental com foco em queimadas urbanas;
>Ciclovias, ciclofaixas e ciclo rotas;
>Projeto de reutilização de garrafas no Viveiro Municipal;
>Coleta Seletiva;
>Ecoverde;
>Jardim Botânico como Instalação Modelo de Sustentabilidade.

Lançado em 2007 pelo Governo do Estado de São Paulo, o Município VerdeAzul é um programa da Secretaria Estadual de Meio Ambiente que visa estimular e avaliar a gestão ambiental municipal. Essa avaliação é realizada por meio de 10 Diretivas Ambientais: município sustentável, gestão das águas, uso do solo, arborização urbana, esgoto tratado, qualidade do ar, biodiversidade, conselho ambiental, estrutura e educação ambiental e resíduos sólidos.

A meta da segunda pré-certificação foi de 50 pontos e a final é de 80 pontos. O prazo para entrega da documentação comprobatória é 16 de outubro, sendo que o evento de certificação é em dezembro. Os municípios que atingem a meta e cumprem outros critérios, como o tratamento do esgoto, ganham o certificado de Município VerdeAzul e garantem prioridade na captação de verba do Fecop (Fundo Estadual de Prevenção e Controle da Poluição).